Vamos mudando de conversa pra acabar em samba que é a melhor maneira de se conversar; pois quem faz samba fala e quem fala atenção: força nenhuma cala a voz da multidão. Se tem feitiço, se é filosofia, se nasceu lá na bahia, se vem do morro ou do asfalto, se é na escola ou na bohêmia, que se faça a lira cotidiana. Opção política, mais do que mero gênero ou arte envernizada de museus. Todos somos poetas da lira, historiadores das coisas miúdas nas artimanhas das rodas, encontros, ajuntamentos de gente, criando de improviso culturas.

"Eu sou da lira não posso negar!"


sexta-feira, dezembro 19, 2008

Roque Ferreira - Tem Samba No Mar (2004)




















01. O Cavalo de São Jorge (Roque Ferreira - Paulo César Pinheiro)
02. Samba pras Moças (Roque Ferreira - Grazielle Ferreira)
03. Quebradeira de Coco (Roque Ferreira)
04. Sucupira (Roque Ferreira - Paulo César Pinheiro)
05. Aguadeira / Saubára (Roque Ferreira - Paulo César Pinheiro)/(Roque Ferreira - Paulo César Pinheiro)
06. Garaximbola (Roque Ferreira - Paulo César Pinheiro)
07. Luz de Candeeiro (Roque Ferreira)
08. Casa de Edith (Roque Ferreira - Paulo César Pinheiro)
09. Menino do Samburá / A Mão da Dor (Roque Ferreira)/(Roque Ferreira)
10. Dona Fia (Roque Ferreira)
11. Ralador (Roque Ferreira - Paulo César Pinheiro)
12. Samba de Dois-Dois (Roque Ferreira - Paulo César Pinheiro)
13. Cortejo / Auto-de-Fé / Baticum de Samba / Ogum de Ronda (Roque Ferreira - Paulo César Pinheiro)/(Roque Ferreira - Paulo César Pinheiro)/(Roque Ferreira - Paulo César Pinheiro)
14. Oxóssi (Roque Ferreira)



A Lira: Roque Ferreira - Tem Samba No Mar

Um comentário:

Gabriela disse...

Maravilhoso, Jojoca!!!!

Visitas

web page counter